Arissana Pataxó falou sobre educação indígena e arte na live da última quinta (25)

Atualizado: há 7 dias

A artista visual e professora da etnia Pataxó participou do Programa de Lives Bienal 12 nesta quinta-feira (25)




A artista e educadora baiana Arissana Pataxó foi a convidada da quinta transmissão do Programa de Lives Bienal 12, que aconteceu nesta quinta-feira, 25 de junho, às 19h. O bate-papo com Igor Simões, curador do programa educativo, teve como tema sua experiência com educação indígena e sua produção em arte contemporânea. Arissana atua como docente na educação básica e na formação de professores indígenas, e seu trabalho artístico aborda a perspectiva do povo Pataxó a partir de diferentes suportes e técnicas.


O Programa de Lives teve início no final de maio e já contou com quatro transmissões, em que recebeu artistas, educadoras e curadoras. As convidadas das lives anteriores foram Rosana Paulino, Ana Lira, Juliana dos Santos, Mara Pereira, Natalia Iguiñiz e Eliana Otta. No total, serão seis transmissões, sempre nas quintas-feiras.


As lives podem ser acompanhadas pelo Facebook, Instagram e YouTube da Bienal do Mercosul. Haverá espaço para perguntas do público, que podem ser enviadas com antecedência pelos canais digitais da Bienal ou durante a live.


Arissana Pataxó

Artista Visual e professora da educação básica. Possui graduação em artes plásticas e mestrado em estudos étnicos e africanos pela Universidade Federal da Bahia. Seu campo de atuação transita entre o trabalho artístico e como professora da rede pública, atuando também na formação de professores indígenas. Utilizando de diversas técnicas e suportes, suas obras trazem abordagens sobre seu povo (Pataxó) e também de outros povos indígenas. Em 2002 iniciou seu trabalho na educação escolar da comunidade Pataxó em 2005 iniciou sua carreira artística realizando exposições no circuito baiano, mais tarde expandindo para outros estados. Sua primeira exposição individual 'Sob o olhar Pataxó" foi realizada em 2007, no Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade Federal da Bahia, em Salvador, Bahia.E, desde então, já realizou diversas exposições nacionais e internacionais, entre as quais, a exposição itinerante "!Mira! Arte Contemporânea dos povos Indígenas" que teve como curadora Maria Inês de Almeida e reuniu artistas indígenas do Brasil, Bolívia, Equador, Peru e Colômbia. Em 2017, participou da exposição "Pimeässä en ole neliraajainen", realizada no Centro de Trøndelag para Arte Contemporânea, em Trondheim, Noruega. Sua exposição individual mais recente foi "Resistência", parte da programação do Fórum Social Mundial realizado em 2018. Em 2016 foi indicada ao Prêmio de Investigação Profissional em Arte (Prêmio PIPA) e premiada com o 2º Lugar no Pipa Online. " Vaivém", uma mostra itinerante foi sua mais recente exposição coletiva. Sob a curadoria de Rafael Fonseca foi exposta no Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte em 2019 e 2020.

Igor Simões

Doutor em Artes Visuais-História, Teoria e crítica da Arte-PPGAV-UFRGS. Professor adjunto de História, Teoria e Crítica da arte e Metodologia e Prática do ensino da arte (UERGS). Membro do comitê de curadoria da Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas-ANPAP, Membro do Núcleo Educativo UERGS-MARGS. Membro do comitê de acervo do Museu de Arte do RS-MARGS. Trabalha com as articulações entre exposição, montagem fílmica, histórias da arte e racialização na arte brasileira e visibilidade de sujeitos negros nas artes visuais. Autor da tese Montagem Fílmica e Exposição: Vozes Negras no Cubo Branco da Arte Brasileira. Membro do Flume-Grupo de Pesquisa em Educação e Artes Visuais.


Patrocínio: Santander e Correios

Co-patrocínio: Banrisul e Zaffari

Apoio: Unimed, Eletron Energy, Unicred, Pompéia, Ivo Rizzo, Oleoplan e Blanver

Apoio institucional: Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul, Memorial do RS, MARGS, UERGS, CHC Santa Casa e Fundação Iberê Camargo

Financiamento: Pró-Cultura – Lei Estadual de Incentivo à Cultura

Realização: Lei Federal de Incentivo à Cultura

Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul

Rua Gen. Bento Martins, 24/1201 - Centro

CEP 90010-080 | Porto Alegre - RS 

contato@bienalmercosul.art.br

+55 51 3254 7500

  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon

PATROCÍNIO:

FINANCIAMENTO:

REALIZAÇÃO:

Site criado e desenhado pela EROICA conteúdo