MUJERES PÚBLICAS

DEMASIADO

2018-2019

Instalação- tecido, látex e madeira
600 x 600 cm
Coleção das artistas

Mujeres Públicas (Mulheres Públicas) é um Grupo Feminista de Ativismo Artístico integrado por Fernanda Carrizo, Lorena Bossi e Magdalena Pagano. Seu ativismo considera que a criatividade e impacto visual são pontos chaves na eficácia. Utilizam materiais de baixo custo, cartazes, biscoitos, múltiplos objetos e intervenções urbanas para fazer evidentes situações de opressão. Impulsionam a apropriação coletiva das suas propostas socializando os procedimentos para realizar os objetos. Desde 2003 conduzem ações a favor da legalização do aborto, denunciando a violação de mulheres em conflitos bélicos, contra os modelos hegemônicos de beleza, questionando a heteronormatividade, entre outras problemáticas que afetam as mulheres. Na Bienal 12 apresentam a sua bandeira DEMASIADO, que vem sendo utilizada em muitas manifestações como uma maneira de expressão do fastio frente a ferocidade do atual capitalismo e suas inúmeras consequências; uma ação que ironiza “Las ventajas de ser lesbiana” (“As vantagens de ser lésbica”) e uma colagem de cartazes grava criticamente a pergunta direcionada ao lado queer, entendendo que este conceito (libertário na sua origem), esta se convertendo em um padrão estético e comportamental excludente.

Mujeres Públicas

Mujeres Públicas

Argentina

REALIZAÇÃO:

PATROCÍNIO:

FINANCIAMENTO:

Site criado e desenhado pela EROICA conteúdo