LUCIA LAGUNA

Jardim n. 20

2014

Acrílico e óleo sobre tela

160 x 160 cm

Coleção Paulo Sartori

Parte da série Jardim, as obras de Lucia Laguna em exposição oferecem a possibilidade de vislumbrar os sentidos estendidos do conceito de “paisagem” articulado pela artista. Para Laguna, paisagem é o que se vê a partir da janela de seu ateliê, o morro da Mangueira e o subúrbio da zona norte do Rio de Janeiro; paisagem é o jardim da casa da artista, uma espécie de sítio arqueológico da vida, formado por uma combinação
de plantas e objetos acumulados por mais de quarenta anos—estatuetas e vasos quebrados, chaves, cadeados, grades e outros objetos descartados; paisagem é, também, o conjunto de objetos alocados em seu ateliê: pinturas prontas e em processo, pequenos estudos, escadas e trenas, embalagens de tinta, ferramentas e massa de fita crepe usada colada na parede ou amontoada pelo chão. Ao afirmar “Paisagem é coisa da minha cabeça”, Laguna, continua alargando o conceito, ofuscando os limites entre espaço exterior e seu universo interior e mais intimista.

REALIZAÇÃO:

PATROCÍNIO:

FINANCIAMENTO:

Site criado e desenhado pela EROICA conteúdo