NATALIA IGUIÑIZ

Patria

2001

Colectivo La Perrera (Sandro Venturo e Natalia Iguiñiz)

Instalação de bandeiras e adesivos

Dimensões variadas

Coleção dos artistas

É uma instalação que se origina da pergunta: o que entendemos por Pátria? Que valores e sentimentos atribuímos a este conceito? E, principalmente, o que se faz ou se justifica em nome da Pátria? Trata-se de cordas onde se penduram bandeiras brancas, como se fossem lençóis recém-lavados. Na parte inferior se espalham palavras que respondem a uma enquete virtual sobre as ideias/ emoções associadas à pátria peruana. Esta instalação foi feita a partir das ações Lava la Bandera (Lava a Bandeira, 2000) realizadas pelo Coletivo Sociedade Civil. Natalia Iguiñiz e Sandro Venturo eram integrantes deste coletivo: cada sexta-feira a bandeira do Peru era lavada em 27 praças do país e do exterior como manifestação contra a corrupção e o abuso de poder. As bandeiras e as palavras de Pátria interceptam as estruturas de poder do Estado, da mesma forma que os ideais heroicos e masculinos das sociedades militarizadas. Os artistas intervêm na linguagem e nos símbolos do poder a traves de ações domésticas como o lavado e o pendurado dos tecidos - bandeiras.

Natalia Iguiñiz

Natalia Iguiñiz

Peru

REALIZAÇÃO:

PATROCÍNIO:

FINANCIAMENTO:

Site criado e desenhado pela EROICA conteúdo