JULIANA GÓNGORA

Techo de leche y tierra

2018/2019

93 varas de terra e leite

140 x 500 cm

Coleção da artista

Techo de leche y tierra (Teto de leite e terra) é uma delicada e monumental instalação montada pela artista Juliana Góngora no espaço da Bienal 12, por cima da altura dos espetadores. A artista pesquisa o processo de transformar leite líquido em um fio sólido com o que é possível tricotar. O projeto nasce de um conto da Marguerite Yourcenar, La leche de la muerte (O leite da morte), sobre uma mulher sepultada cujo leite continua brotando para alimentar o seu filho. Ou da história de Hera, que quando o leite do seu peito respingou criou a Via Láctea. Juliana investigou física e intuitivamente como traduzir estas histórias em uma dimensão real, convertendo o leite em fibra. Extraiu a caseína do leite, acrescentou cal e formou uma massinha que modela com as mãos e combina com terra. Depois de experimentar por dois anos primeiramente em laboratório e depois na cozinha da sua casa, observando atentamente a emotividade do seu material, o leite-sempre diferente, extremadamente permeável ao meio que o rodeia—conseguiu o fio. O fio tem uma aparência elástica e quase translúcida. Techo de leche y tierra (Teto de leite e terra) acolhe os corpos que circulam baixo o seu espaço.

Juliana Góngora

Juliana Góngora

Colômbia

REALIZAÇÃO:

PATROCÍNIO:

FINANCIAMENTO:

Site criado e desenhado pela EROICA conteúdo