NATALIA IGUIÑIZ

Mujeres De-ver e Mujeres De-ver Porto Alegre

2017-2020

Quadro de mapa de Lima e de Porto Alegre e fotografias

Dimensões variadas

Coleção da artista

Em Mujer de ver (Mulher de Ver) Natalia Iguiñiz toma como ponto de partida o livro Modos de Ver, de John Berger, nele o autor faz uma revisão sobre como se configuram os imaginários sobre as mulheres, a beleza, o que deve ser mostrado ou não. As imagens configuram identidades e prejuízos. Entre 4 e 10 de junho de 2017, Natalia fez um registro fotográfico das mulheres nas principais avenidas de Lima e Callao. O registro considera também imagens bidimensionais ou tridimensionais (outdoors, cartazes, estatuas) que podem observar-se nas ruas. Foca-se na observação dos lugares nos que aparecem uma ou mais mulheres. O fato de observá-las na via pública leva implícito que são vistas para ser vistas, que se apresentam frente a uma comunidade que as apoia. Estas fotografias se organizam em categorias de acordo com a cor de seu cabelo, as atividades que estão fazendo, ou as pessoas que as acompanham. Natalia desenvolve este processo de pesquisa na cidade de Porto Alegre para expô-lo na Bienal 12. Quais são as caraterísticas que se percebem nas fotografias das mulheres nesta cidade?

Natalia Iguiñiz

Natalia Iguiñiz

Peru

REALIZAÇÃO:

PATROCÍNIO:

FINANCIAMENTO:

Site criado e desenhado pela EROICA conteúdo